A importância do cabelo como símbolo histórico

Os cabelos sempre exerceram um forte fascínio sobre as pessoas, em cada época e cultura os tipos de cortes foram capazes de definir fatores pessoais, mas que estavam ligados também a costumes da sociedade em que as pessoas habitavam.

Ao longo dos tempos, a civilização teve a referência de tipos de personagens ou mesmo de características que marcavam o momento específico em que se encontravam.

Vamos descrever a importância do cabelo como símbolo pessoal e histórico na humanidade.

A importância do cabelo como símbolo histórico

A evolução dos costumes e sua influência nos cabelos

Desde o início da humanidade, os cabelos têm uma importância quanto a identificar certas épocas da história da humanidade e, em muitos casos, ocorreu ter o cabelo como símbolo de status, posicionamento social e até mesmo resistência a costumes.

Com o passar dos séculos, cabelos começaram a assumir um novo destaque dentro das sociedades, passando a ser tratados com mais cuidado e mais direcionado ao estilo pessoal.

Hoje, as pessoas adotam a maior diversidade já encontrada dentro dos grupos sociais, com vistas a refletir suas atitudes e estilos de vida. Tudo baseado em cortes variados e tratamentos específicos a cada tipo de fio. Assim, podem se sentir acolhidas ou notadas dentro do ambiente social.

O cabelo como símbolo ao longo da história

Certamente, é possível identificar o cabelo como símbolo característico em diversas civilizações, mesmo naquelas em que se mantinha os fios de determinada maneira, apenas como forma de manter posicionamento quanto à maneira como os integrantes queriam se mostrar em relação a outros grupos locais e estrangeiros.

Assim, vemos desde os povos primitivos até as sociedades modernas, tipos de cabelos que acabam caracterizando as fases e culturas específicas de cada região e tempo.

Podemos ver povos bárbaros com uma diversidade de estilos, sempre se baseando em longas cabeleiras, assim como grandes impérios onde havia um padrão de corte, mas que habitantes históricos mantinham um estilo pessoal diferente daquele que se encontrava entre figuras anônimas de seu tempo.

O cabelo como símbolo do feminino

Através da história, o cabelo sempre se mostrou como símbolo relacionado ao feminino; porém, diversos eventos e avaliações de civilizações de guerreiros trazem um destaque para cabelos mais destacados em guerreiros e heróis religiosos ou da cultura popular.

Muitas vezes, pode ser observado que os cabelos acabam representando um posicionamento social e profissional de destaque, sendo considerado até como elemento de superioridade por muitas pessoas.

Note que, em tribunais europeus, os membros da justiça usavam perucas de destaque durante suas audiências, dando um ar diferenciado a todo aquele que usava tal acessório no recinto.

Tais fatos permitem entender a grande preocupação daqueles que começam a apresentar sinais de calvície. No entanto, o maior referencial se concentrou na feminilidade e seus cuidados em manter cabeleiras bonitas e bem tratadas.

Entretanto, esse processo sofreu mudanças e passou a ser visto de maneira diferenciada entre os sexos, na atualidade. Veja mais a seguir.

Cabelo como símbolo de estilo mais próximo de homens e mulheres

Em nosso tempo, o cabelo como símbolo aproximou com muito mais intensidade os universos masculino e feminino, pois o cuidado com a limpeza e preparo de seus fios acabou prevalecendo, independente do gênero.

Os salões de beleza se modernizaram e acabaram se identificando de maneira mais natural como um local de atendimento pouco diferenciado entre as pessoas de sexos diferentes, sendo uma mudança em relação a tempos em que, um corte de cabelo em um barbeiro representava uma ação direcionada ao cabelo como símbolo de masculinidade.

Produtos de tratamento e cuidados com tintas e cortes são comuns em ambos os sexos.

Existe ainda a tendência de pessoas de ambos os sexos que passaram a manter os cabelos de forma natural sem tentar disfarçar os cabelos brancos e aquelas que preferem manter os cabelos raspados.

Além disso, em um mundo cada vez mais conectado às fronteiras físicas entre nações e culturas aproximaram estilos e formas de manter cortes de cabelos e formas de conviver dos os fios quase que sem diferenças.

Tais costumes seriam pouco aprovados em gerações passadas e isso demonstra como o cabelo acaba sofrendo alterações importantes com o passar dos tempos e a entrada de novas tecnologias de comunicação no planeta, muitas vezes criando uma nova e única comunidade global.

 

Conclusão sobre cabelo como símbolo histórico

É correto considerar o cabelo como símbolo histórico na humanidade e que serve também para demonstrar um estilo pessoal e muitas vezes de rebeldia, sendo importante componente que serve como base para análises sociológicas e de comportamentos individuais em cada época.

Mas se, no seu caso, os primeiros sinais de calvície já se apresentam e você deseja disfarçá-los, justamente por valorizar seus cabelos e vaidade, deve usar uma maquiagem capilar de qualidade.

Para isso, existe uma solução segura e autorizada pela Anvisa, Jet Hair. É, portanto, a melhor opção de maquiagem capilar existente no mercado, de fácil aplicação e remoção é resistente à ação do tempo e trata as falhas de maneira natural.

Deixe sua opinião sobre esse artigo em nosso blog, pois isso nos ajudará a melhorar constantemente a qualidade de nossas postagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close