Pós-parto e calvície: qual a relação

O período da gestação e amamentação, para muitas mulheres, configura-se como momentos de glória. Afinal, trata-se do começo de uma nova vida.

O corpo da mulher, ao gerir essa nova vida, submete-se a profundas transformações.

Assim, uma dúvida muito comum entre as mulheres está relacionada ao pós-parto e calvície.

As mudanças hormonais que ocorrem durante o período de gestação e pós-parto fortemente influenciam a saúde dos fios, de modo que é comum, entre as mulheres, que seus cabelos adquiram um belíssimo aspecto durante a gravidez.

Os cabelos podem, entretanto, também adquirir um aspecto ressecado, quebradiço.

Nesse artigo, abordaremos a questão do pós-parto e calvície e explicaremos a relação existente entre estes fenômenos.

Pós-parto e calvície: qual a relação

O que é a calvície feminina?

Embora atinja principalmente a população do gênero masculino, a condição da calvície pode afetar também o bem-estar da mulher.

Nas mulheres, a calvície costuma ser do tipo areata (alopecia areata) e resulta de uma doença autoimune, quadro o organismo é atacado pelas células. Pode afetar tanto pequenas regiões do couro cabeludo como a presença de fios em todo o corpo.

A calvície pode se apresentar nas mulheres, também, como alopecia androgenética, decorrente de uma doença autoimune, que progressivamente torna os fios de cabelos mais finos e, consequentemente, quebradiços.

Os hormônios femininos protegem a mulher até o período conhecido como menopausa, quando se verifica a diminuição dos níveis de estrogênio (o hormônio feminino). A partir disso, em mulheres com predisposição genética para a condição da calvície, os sintomas podem começar a se manifestar.

Além disso, existem outros fatores que podem causar a calvície nas mulheres:

  • Estresse;
  • Uso prolongado de produtos químicos;
  • Má alimentação;
  • Certos medicamentos; e
  • Doenças (como o hipotireoidismo).

Dado o ritmo cotidiano da vida moderna, quando constantemente nos encontramos em episódios de estresse e tensão, o número de casos de calvície nas mulheres vem aumentando.

O corpo da mulher no período pós-parto e calvície

A gestação é um período pelo qual o corpo da mulher sofre diversas modificações, desde a pele até os fios de cabelos.

No período da gestação, o organismo apresenta uma maior concentração de estrogênio, o que impede a queda dos fios, deixando inclusive os fios mais volumosos e brilhantes. Nas seguintes semanas, com o parto, os níveis de estrogênio gradativamente voltam a normal e, decorrente dessa diminuição, pode ocorrer a queda de cabelos.

A calvície que afeta as mulheres no período pós-parto denomina-se eflúvio telógeno puerperal, processo de queda de cabelos que pode ser desencadeado por vários fatores e que, depois de certo tempo, tende a cessar.

O eflúvio geralmente tem início de três a seis meses após o nascimento do bebê, mas pode dar sinais apenas ao fim da amamentação. A mulher começa a perder mechas durante os processos de penteio e no banho. Os fatores responsáveis pela alopecia após o parto relacionam-se a fatores hormonais, estresse, cansaço e alterações orgânicas.

Além disso, caso a mãe apresente deficiências de ferro, é importante que seja descartado o diagnóstico de anemia. A reposição de ferro é de extrema importância para o nascimento e crescimento de fios saudáveis.

Pós-parto e calvície: devo me preocupar?

Caso você vá ser mãe, a calvície e pós-parto podem ser um problema. Mas trata-se de um processo natural e normal.

A menos que existam outros fatores que contribuam para a queda de cabelos no período pós-parto, os sintomas tendem a cessar por volta do primeiro ano do bebê.

Existem algumas dicas que podem prevenir esse quadro e manter a saúde dos cabelos:

  • Pentear e escovar os cabelos de modo delicado;
  • Dieta equilibrada, com verduras, frutas e consumo proteico de alto valor biológico;
  • Mantenha-se hidratada;
  • Evite o uso de pranchas ou secadores;
  • Bom descanso.

Segundo médicos, trata-se de um evento autolimitado, não sendo necessárias intervenções clínicas ou tratamentos.

Conclusão sobre pós-parto e calvície: qual a relação

A relação entre calvície e pós-parto encontra-se na queda de cabelos verificada muitas vezes após o parto.

As profundas modificações no organismo da mulher, sobretudo hormonais, decorrentes do processo de gestação e amamentação, podem propiciar a queda de cabelos.

Essa queda de cabelos, como já vimos, é um processo absolutamente normal e fisiológico.

Da mesma forma que a queda de cabelos pode ser verificada, o cessar desses sintomas, também. Entretanto, caso a queda dos fios prolongue-se, torna-se necessário o acompanhamento de um profissional dermatologista, pois outros fatores relacionados devem ser investigados.

Uma excelente alternativa para as mulheres que sofrem da calvície decorrente do pós-parto, ou que simplesmente sofrem de falhas no couro cabeludo, é o uso da maquiagem capilar.

Jet Hair, produzido pela Miss Mag Cosméticos, é um produto à base de queratina, capaz de conferir ao cabelo uma cobertura uniforme, disfarçando falhas e atribuindo volume aos fios.

Esperamos que nosso artigo tenha sanado suas dúvidas a respeito do pós-parto e calvície. Caso tenha restado qualquer dúvida, escreva-nos nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close