Óleos essenciais e calvície: uma opção eficiente?

Hoje em dia, sabe-se que a calvície, principalmente em homens, é evidente e, portanto, preocupante para a maioria. Por se tratar de algo que pode afetar a autoestima de ambos os gêneros, muitos estudos estão sendo direcionados à solução desse problema.

Dentre todas essas informações sobre calvície na área da medicina, vários foram os achados que prometem solução para problemas. Dentre as quais, os óleos essenciais e calvície também estão ligados e por se tratar de uma boa solução, a partir da natureza. E é ideal para o público que busca tratamento natural para a alopecia.

Como você já deve ter percebido, o texto fala exatamente sobre óleos essenciais e calvície e qual sua relação. Ficou interessado sobre esse tema? Então descubra mais sobre o assunto nesta postagem.

Óleos essenciais e calvície: uma opção eficiente?

O que são óleos essenciais?

Afinal de contas, o que são óleos essenciais e o que óleos essenciais e calvície têm a ver um com o outro? Antes de responder a esta pergunta, temos que entender o que é um óleo essencial.

São conhecidos como óleo essencial substâncias gordurosas que são retiradas de plantas, árvores de grande porte, flores, ervas, castanhas e especiarias. Substâncias essas que servem para o tratamento de várias doenças e problemas de saúde.

Desde a Antiguidade, o óleo e suas propriedades medicinais já eram conhecidos em boa parte do mundo. Sempre o utilizaram no tratamento de doenças, cura de feridas, em massagens para a pele e usado até para a hidratação da pele e cabelos. Como estamos falando sobre óleos essências e calvície, é neste último exemplo que vamos focar.

Óleos naturais costumam ser mais voláteis, por se transformam em vapor com mais facilidade que outras fontes naturais de óleos naturais.

Óleos naturais contêm grandes propriedades terapêuticas naturais em sua composição, sendo capazes de trazer vários benefícios a saúde dos cabelos.

Quais os benefícios que os óleos naturais podem trazer aos cabelos?

Dentre os vários tipos de procedimentos estéticos para os cabelos, o uso de produtos químicos fortes está no topo em relação a danificar os fios, pois estes produtos químicos modificam a estrutura natural dos fios quebrando a barreira natural que mantém os cabelos hidratados e com brilho.

Aí que entra o papel do uso de óleo essencial para os cabelos, pois este promove, quando aplicado, uma barreira protetora onde a unidade dos fios é mantida, assim também como sua oleosidade natural.

Como prevenir a oleosidade dos fios?

No couro cabeludo são produzidos os óleos necessários para a hidratação dos fios. O uso de xampus, que contém quantidade exagerada de substancias que limpam e retiram esse óleo natural, o couro cabeludo se vê obrigado a produzir a oleosidade natural duas ou três vezes maior que o natural, chamamos isso de efeito rebote.

Por isso, chamamos a atenção para a relação que há entre óleos essenciais e calvície, pois o óleo mantém a quantidade natural de oleosidade dos fios evitando que o rebote mencionado venha a acontecer.

Estresse a calvície

A vida corrida das grandes cidades ou até mesmo uma rotina pesada faz com que o estresse aconteça com mais frequência e com isso a queda de cabelo pode acontecer com mais facilidade. Pois, o estresse pode causar, através dos radicais livres que são liberados, inflamação do couro cabeludo resultando na queda dos cabelos.

Nesse caso, o uso da aromaterapia (vapor de óleos essenciais) pode ajudar na diminuição do estresse fazendo com que esses radicais livres sejam produzidos de forma reduzida evitando assim, a queda de cabelo.

Caspa

Óleos essenciais e calvície estão interligados no quesito solução para o problema da queda de cabelo. Sabendo que existem vários motivos que fazem com que o problema da queda de cabelo se agrave. Um deles é a existência de caspa no couro cabeludo.

Oleosidade, inflamação ou até mesmo fungos podem ser a causa do aparecimento da caspa, onde pode causar desde coceira a feridas que causam a queda de cabelo.

Alguns dos benefícios que os óleos essenciais podem trazer aos cabelos é a cicatrização e desinflamação do couro cabeludo afetado. Por isso, os óleos são facilmente encontrados em xampus anticaspa.

Óleos essenciais e calvície: procure sempre um profissional

É sem sombra de dúvida bom saber que óleos essenciais e calvície estão relacionados e um pode trazer a solução da cura para o outro. Todavia, é importante ter sempre em mente que qualquer alteração no comportamento dos fios, seja em sua espessura, cor, frequência de queda ou até mesmo alteração no ciclo dos fios, deve-se procurar um médico profissional da área da dermatologia.

Ele indicará o melhor tratamento a se fazer de acordo com seu problema. E assim, seguindo todo o protocolo, seus cabelos voltarão a normalidade. Então, nunca abra mão de procurar sempre um bom especialista para garantir as melhores informações. .

Agora, queremos saber, o que você achou de nosso texto de hoje, no qual falamos sobre óleos essenciais e calvície: uma opção eficiente? Se algo não ficou claro, entre em contato conosco nos comentários que logo responderemos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close