Calvície masculina x queda de cabelo: como distinguir com facilidade?

A queda de cabelos é, em princípio, um fenômeno natural. A ciência estima que, em condições saudáveis, cerca de 50 a 200 fios de cabelos caem diariamente.

Tal fenômeno pode ser justificado a partir do ciclo de vida dos fios de cabelo, que, ao alcançarem a fase telógena (também conhecida como fase de repouso), desprendem-se do couro cabeludo, dando espaço para o nascimento e consequente crescimento de um novo fio.

Assim, episódios de queda de cabelos mais acentuadas merecem a sua atenção, pois podem revelar a manutenção de hábitos nocivos à saúde dos fios. Além disso, esses quadros podem se apresentar como sintomas de condições clínicas mais complexas, como a calvície masculina ou outras doenças.

Nesse sentido, aprender a distinguir a calvície masculina x queda de cabelo é bastante importante, de modo que você poderá compreender e melhor intervir na situação dos fios.

Neste artigo, abordaremos algumas curiosidades bastante relevantes sobre calvície masculina x queda de cabelo, bem como dicas para distinguir esses quadros com facilidade. Boa leitura!

Calvície masculina x queda de cabelo: como distinguir com facilidade?

O que é a calvície masculina?

A calvície masculina é, sem dúvidas, um dos problemas capilares mais populares em todo mundo.

Alguns estudos apontam que até 55% dos homens sofrerão com tal condição em algum momento da vida.

As principais causas da calvície estão relacionadas à hereditariedade genética e à ação dos hormônios masculinos.

Além disso, o quadro pode ser agravado por meio da manutenção de hábitos prejudiciais, como má alimentação, níveis elevados de estresse e tensão, entre outros.

Os primeiros sinais da calvície masculina tendem a se manifestar por volta dos 17 aos 23 anos, com a queda de cabelos contínua e persistente.

Inicialmente, as primeiras falhas são perceptíveis na região próxima da testa – as famosas “entradas”. Com o passar do tempo e o avanço do quadro, o topo da cabeça também é afetado.

Os tratamentos contra a calvície, quando adotados em estágios iniciais do quadro, tendem a ser mais eficazes, auxiliando na retardação da queda dos fios. Desse modo, aprender a diferenciar calvície masculina x queda de cabelo é de extrema importância, para uma compreensão inicial de seu quadro.

Independente disso, intervenções estéticas devem ser adotadas somente com a orientação de um profissional dermatologista, a partir do devido exame e da análise de seus fios e couro cabeludo.

Medicamentos como finasterida e minoxidil revelam-se aliados no tratamento da calvície masculina. Em alguns casos, entretanto, somente procedimentos de implantes capilares apresentam-se como soluções estéticas.

A queda de cabelo nos homens

Como já mencionado anteriormente, quando em moderação, a queda de cabelo se configura como um processo natural dos fios. Além disso, pode ser agravado e complicado por uma série de fatores:

  • Alimentação deficitária em nutrientes e proteínas;
  • Uso contínuo de substâncias químicas nos cabelos;
  • Níveis elevados de estresse e tensão no cotidiano;
  • Uso de certos medicamentos;
  • Certas patologias, como anemias, doenças renais crônicas, doenças sexualmente transmissíveis, disfunções na tireoide, doenças autoimunes, entre outras;
  • Tabagismo.

Para lhe ajudar a perceber se seu cabelo está caindo acima do normal, fique atento aos seguintes sinais:

  • queda acentuada de cabelos durante o banho ou quando se penteia os cabelos;
  • surgimento de falhas no cabelo;
  • cabelos mais ralos, em comparação aos últimos meses;
  • couro cabeludo mais visível na raiz capilar.

Uma dica bastante importante é segurar uma mecha de cabelos e puxar. Caso mais de 5 fios se desprendam do couro cabeludo, este pode ser um sinal de que seu cabelo apresenta queda de fios acima da média.

Nesses casos, a principal indicação é procurar pela orientação de um médico dermatologista, que, por meio da tricoscopia, obterá informações relevantes acerca da saúde de seus fios e couro cabeludo.

Calvície masculina x queda de cabelo: como diferenciar esses problemas?

Como vimos acima, tanto a calvície masculina x queda de cabelo possuem características bem definidas. Com as informações elencadas acima, é possível discernir esses quadros, na manifestação dos sintomas iniciais.

A precisão de um diagnóstico clínico é fundamental para a compreensão mais profunda de seu quadro e para a adoção das intervenções mais adequadas e eficazes.

Nesse sentido, cabe ressaltar a importância do acompanhamento de um profissional dermatologista, que examinará as propriedades dos seus cabelos, influenciando positivamente na qualidade do tratamento adotado.

Conclusão sobre Calvície masculina x queda de cabelo

Neste artigo, trouxemos as principais informações a respeito de dois problemas capilares bastante conhecidos aos homens: calvície masculina x queda de cabelo.

Como vimos, a detecção do problema em seus estágios iniciais pode causar diferença significativa no tratamento.

Desse modo, fica evidenciada a importância do cuidado capilar, sobretudo na manifestação de sinais estranhos ou incomuns aos seus cabelos.

Esperamos que tenha gostado e aprendido com nosso artigo “Calvície masculina x queda de cabelo: como distinguir com facilidade?”. Seu feedback é extremamente importante para nós, então não se esqueça de deixar seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close