Mineralograma capilar: entenda o que é

A saúde dos cabelos depende de manter os cuidados e a identificação de fatores que possam agravar problemas a ser tratados, de modo a prevenir o avanço de danos aos fios e couro cabeludo.

Efetuar avaliações periódicas por especialistas é um aspecto importante e que deve ser providenciado, mas a realização de exames de investigação quanto a fatores que possam trazer danos aos cabelos também devem ser levados em conta.

Neste artigo vamos ver o que significa o estudo de Mineralograma capilar.

O que é Mineralograma capilar

Mineralograma capilar é um tipo de exame que efetua uma avaliação analítica a partir de amostras dos fios de cabelos.

Tem por objetivo auxiliar na análise dos níveis de vitaminas e minerais presentes no organismo, assim como existência de toxinas e drogas que possam causar danos à saúde.

Esse exame também pode ser realizado com base em de amostras do sangue ou urina e o padrão resultante do exame identifica aproximadamente 40 elementos, minerais e eletrólitos, metais pesados, agentes tóxicos e drogas, que podem ser importantes ou que causem danos ao organismo.

Podemos citar como exemplos a existência e medições de cálcio, magnésio, sódio, potássio, fósforo, zinco, selênio, cobalto, alumínio, arsênio, boro, chumbo, cádmio, prata, níquel, anfetaminas, cocaína e maconha, entre outros.

A importância do equilíbrio dos elementos para os cabelos

Com o Mineralograma capilar, é possível analisar as condições de elementos que são indicados para a saúde dos fios de cabelos para verificar ser equilíbrio e eventuais necessidades de ajustes para a melhoria ou redução deles.

Cada composto tem uma característica e atuação específica e em conjunto podem trazer benefícios os danos que se relacionam diretamente a cabelos saudáveis.

Por isso, a avaliação periódica dos níveis de minerais e demais elementos no corpo é tão importante de ser realizada.

O exame auxilia na avaliação?

O exame de Mineralograma capilar permite que a avaliação do paciente e seu estado de saúde seja melhor verificada, sendo exame de apoio para decisões médicas, por considerar elementos distintos e que possam auxiliar na saúde das pessoas.

Pode ser usado até mesmo em casos de identificação de uso de drogas ilícitas e em investigações policiais para aferir níveis de drogas no organismo e poder auxiliar nas conclusões de casos.

Então, é um exame importante e que contempla além da saúde das pessoas, a avaliação de outras condições para esclarecer possíveis fatos e eventos pelo abuso de substâncias e que, certamente, provocarão danos futuros.

Como é feito esse procedimento

É um exame que exige que sejam retiradas determinadas quantidade de fios de cabelos e de uma posição mais próxima ao couro cabeludo.

A análise é feita usando um espectrômetro, que efetua a dosagem computadorizada de toda a composição dos fios, com suas dosagens de substâncias encontradas.

Requer ainda uma preparação prévia para que elementos usados nesse período não venham interferir nos resultados.

Para quem é indicado o Mineralograma capilar

Existem alguns fatores que aumentam a necessidade de se realizar esse tipo de exame e que estão relacionados a opções pessoais para esclarecimentos sobre as condições dos fios, até a possibilidade de se aprofundar em avaliações médicas.

Podemos definir os tipos de indicações levando em conta os seguintes aspectos:

  • Interesse de pessoas que desejam avaliar o equilíbrio de elementos presentes que possam ser identificados por esse exame;
  • Para auxiliar a identificação da avaliação médica dos elementos que estão com carência no organismo e que possam causar danos;
  • Para ajudar na recuperação de pessoas doentes e que precisem de nutrientes específicos para se recuperarem, ou mesmo de eliminação de substâncias que possam comprometer a saúde do paciente.

Os riscos desse tipo de exame

Os exames de mineralograma capilar, tem sido alvo de críticas por especialistas por ainda não terem sido totalmente avaliados e comprovados quanto a todas as etapas que revestem um exame laboratorial da segurança dos dados coletados e assim podem ser relacionados os principais problemas:

  • Ainda não estão padronizados, podendo ser realizados de acordo com conceitos e avaliações diferentes por técnicos distintos;
  • Valor dos exames é mais elevado;
  • A confiança em alguns indicadores ainda não está devidamente comprovada;
  • Os resultados não são apresentados de maneira imediata, como ocorre com o exame de sangue convencional.

Seu uso é indicado, mas devem ser consideradas as possibilidades de erros nos resultados e assim deve ser considerado com cautela e adotar um aprofundamento das análises.

Agora você sabe tudo sobre Mineralograma capilar

Adotar um exame de Mineralograma capilar ajuda a prevenir e tratar os fios de cabelos para que se mantenham saudáveis e sempre fortes, baseado numa avaliação das necessidades do organismo.

Por isso é importante consultar preventiva e habitualmente médicos especialistas que possam solicitar e executar esse tipo de avaliação.

Para casos de necessidade de disfarçar processos de calvície o ideal é usar uma maquiagem capilar de qualidade.

Jet Hair é um dos produtos mais destacados no mercado. Não deixe de experimentar para reforçar sua beleza e autoestima. Deixe seu comentário com dúvidas ou sua experiência com Mineralograma capilar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busca

Recentes

Arquivos


Close